produtos-de-limpeza

Quais produtos de limpeza utilizar que matam o coronavírus

Saiba como deixar a sua casa livre desta e de outras doenças.

O novo coronavírus, que causa a doença Covid-19, pode ser morto por produtos de limpeza desinfetantes, como álcool 70%, água sanitária e até com a combinação de água e sabão.

Com o avanço do coronavírus no país faz crescer as expectativas por parte da população em relação a uma vacina ou outro tipo de medicação que combata, ou cure as pessoas da covid-19. Pesquisadores de vários países se desdobram para encontrar uma saída, mas no momento, nada comprovadamente eficaz foi desenvolvido.

Prevenir-se ainda é o melhor remédio, se antes o potinho de álcool gel ficava esquecido na bolsa ou no carro, com os casos de coronavírus se espalhando pelo mundo, o produto virou objeto de desejo de muitos, e não é para menos.

Com a utilização do álcool 70% o vírus já é exterminado. Portanto, após lavar bem as mãos e na sequência higienizá-la com o produto, a assepsia estará bem feita.

O Ministério da Saúde, inclusive, recomenda a aplicação do álcool 70% na limpeza dos ambientes, especialmente maçanetas e outros locais onde tenha intenso contato com mãos.

Saiba mais:

Álcool 70%, entenda por que ele é utilizado para desinfecção e no combate ao coronavírus e H1N1.

O álcool em gel com concentração de 70% e a água com sabão são as melhores formas de higienizar as mãos e evitar a contaminação pelo novo coronavírus.

Porém também podemos usar outros produtos de limpeza, sendo eles:

  • Água sanitária
  • Desinfetantes em geral
  • Limpadores multiuso com cloro
  • Limpadores multiuso com álcool
  • Detergente
  • Sabão

Ter um álcool ao alcance das mãos é um grande facilitador no combate ao coronavírus, porém há mais produtos que podem auxiliar no extermínio desse vírus, como por exemplo o BT901, que é um desinfetante hospitalar de alto nível, pois possui como ativos a biguanida polimérica e quaternário de amônio de 5ª geração.

Outro produto altamente eficaz no combate ao coronavírus é o BT947, que é um desinfetante especialmente desenvolvido para utilização em locais de assistência a saúde como hospitais, clínicas, consultórios, entre outros, para a desinfecção de superfícies fixas em geral. Ele tem como princípio ativo um derivado de quaternário de amônio de 5° geração que apresenta amplo espectro de atuação.

Para se manter informado através de fontes oficiais, o Ministério da Saúde mantém um site especial sobre todas as dúvidas relativas ao coronavírus.

Compartilhe esse post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email